sábado, 25 de dezembro de 2010

Dürer

, aO Pentaprisma de Dürer 
    Denominado como "Melancolia I", esta pintura é 1514.

   Acredita-se, fazia par com uma outra, São Jerônimo em seu Estúdio. Nessa última os efeitos de luz são impressionantes. as duas juntas formariam um par que versava sobre a relação do homem com o conhecimento.

   Na "Melancolia I" a bagunça, replete na falta de direção espiritual. A criança simbolizaria a inocência de quem produz sem pensar, ao contrário do anjo  que pensou tanto que não vê mais sentido em produzir, ou se vê perdido em meio a tanto conhecimento. No estúdio de São Jerônimo tudo está organizado, há um alo de luz envolta de sua cabeça e ele está inclinado sobre a escrivaninha (dizem que ele foi o tradutor da bíblia para o latim).

   O sol e o cometa ao fundo, também podendo ser representados como o Arco-íris e a luz, datam um período onde o domínio da ciencia avança sobre as crenças religiosas. A "anja" sentada parece afirmar que sua melancolia está relacionada ao tédio diante das descobertas da ciência, desvendando como o mundo se constitui, com tantos instrumentos para dominá-lo. tem o compasso, a ampulheta, a balança, a roda (o anjinho pequeno está sentado sobre ela), entre outras ferramentas.

   Tem um quadrado mágico no alto, à direita. O "Quadrado Mágico" é uma tabela quadrada de lado , onde a soma dos números das linhas, das colunas e das diagonais é constante, sendo que nenhum destes números se repete. O quadrado foi encontrado pela primeira vez num manuscrito árabe, no fim do Século VIII, e atribuído a Appolonius de Tiana (SéculoI) por Berthelot. Na Idade Média os quadrados mágicos se tornaram muito populares pelo seu uso em Pantáculos e Talismãs, onde eram associados a Planetas que atribuiam ao mesmo o poder de atrair o influxo astral destes para proteção de seus detentores.

   O Mais impressionante na pintura é o Pentaprisma. Como o nome indica, é um prisma de cinco lados.  Faz parte, junto com o espelho e o vidro despolido, do visor das câmeras reflex mono-objetivas (camêras fotográficas !!!). O prisma permite que se visualize a cena conforme ela é captada pela objetiva, com o enquadramento e o foco quase exatamente como estarão na cópia final.

   A obra artística bidimensional "Melancolia I" encontra-se em domínio público, em todo o mundo, devido à data da morte de seu autor, ou devido à data de sua publicação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget